As 7 Regras para ter um Site com Autoridade

Por | outubro 30, 2017

autoridade

A Competência sem Autoridade é tão importante como a Autoridade sem Competência. – Gustave Le Bon

Uma das coisas mais importantes no que diz respeito ao marketing digital é ter um site de autoridade dentro do seu nicho.

Todo mundo gosta de autoridade: mecanismos de buscas (em especial o Google), imprensa, pessoas influentes e, acredite se quiser, o seu público.

Agora, o que vem a ser essa autoridade? Eu me tornarei um autoritário? Um “mandão”?

Claro que não.

A autoridade de que estou falando significa um misto de admiração e confiança pelas coisas que você dirá para o seu público. E a melhor maneira de se construir isso é através de citações que suportam o que você fala ou faz.

Se a citação vier de pessoas experts, sua autoridade aumenta ainda mais.

Imagina que você seja o André e trabalha com finanças pessoais. Aí, num livro, o Gustavo Cerbasi fala bem de você ou de algum trabalho seu, em particular.

O que acha que irá acontecer com você quando esse livro do Cerbasi for lançado?

Uma chuva de e-mails, telefonemas e contatos de pessoas querendo saber mais sobre você e o seu trabalho.

Isso é uma pequena amostra da construção da autoridade.

Voltando essa ideia para a internet, é importante destacar uma frase (anote e nunca mais esqueça dela) que é fundamental na construção da autoridade no mundo digital (e que o Google leva MUITO a sério):

O que as outras pessoas falam sobre você é mais importante que você diz sobre você mesmo.

Agora, estou partindo do pressuposto que você NÃO É o André e que o Gustavo Cerbasi não te conhece.

Por isso reservei 7 regras importantes para você começar deste já a construir a sua autoridade através do seu site.

#1 Não Venda… Ensine
Se você pensa que vai usar o seu site para vender, você está seguindo pelo caminho errado. Como assim, está louco, Rafael? Não, filho… Se você acompanha meus artigos, já notou a minha insistência na ideia de que o dinheiro está na LISTA que você constrói a partir das pessoas que se interessam pelo CONTEÚDO do seu site.

Logo, se você alimenta o seu site com conteúdo bacana e que ENSINE seu público determinadas práticas verdadeiramente úteis a elas, sua audiência vai te amar e você passará a ser respeitado e admirado por eles (tá sentindo o cheiro de autoridade?).

Então, aproveite os eu site para educar as pessoas sobre os benefícios de fazer negócios com você, de ensinar macetes específicos do seu nicho de atuação etc.

#2 Tenha uma Linha-Mestra para o seu Conteúdo
É muito importante que você defina o assunto principal do seu site e produza conteúdo sobre ele ou que gire em torno dele. Isso ajuda no melhor posicionamento do seu site nos mecanismos de buscas simplesmente pelo fato de você sempre gerar novos conteúdos com as mesmas palavras-chaves.

#3 Crie Chamadas de Impacto
O grande problema da internet é a grande concorrência pela atenção das pessoas. São tantas coisas acontecendo ao mesmo tempo, que o information overload (informação excessiva) é uma triste constante.

Uma maneira de você ganhar, mesmo que por uns segundos, a atenção do seu público, é criando fortes e impactantes chamadas (ou Headlines), que eu considero ser um trabalho duplo entre título e primeiro parágrafo do seu texto. Exemplo: “Como Atrair Links e Construir Tráfego” ou “Os 7 hábitos das pessoas altamente eficazes”.

#4 Faça Amigos para Influenciar Pessoas
Lembre da frase que eu citei acima: O que as outras pessoas falam sobre você é mais importante que você diz sobre você mesmo. Então, a regra é fazer muitos amigos que possam falar bem de você. Quanto mais gente estiver falando bem de você, mas influente você se tornará.

#5 SEO
Invista algumas horas para estudar como você pode tornar o seu site mais amigável para os mecanismos de buscas (leia-se Google, que é o que importa). Se você está sem tempo, invista num profissional para fazer esse trabalho. Um site com as técnicas adequadas de SEO gera muito tráfico orgânico e pode me poupar milhares de Reais mensais com publicidade paga.

#6 O Google Adora Códigos
A qualidade de programação do seu site pode influenciar muito o seu posicionamento nas pesquisas do Google. Isso porque o Google dá mais atenção aos sites que estão dentro dos padrões semânticos da programação web. Um HTML limpo e organizado, com tags usadas corretamente nos lugares certos já são suficientes para deixar o seu site mais “serelepe” nos resultados de buscas. É aconselhável uma revisão de um profissional em todo o código para deixá-lo tinindo.

#7 Dê Atenção para o seu Público
Quando você se torna uma autoridade para o seu público, você se torna o seu líder. Há uns 200 anos, um filósofo alemão (de nome ininteligível) disse que o ser humano, desde que se entende por raça, procura sempre um “ser superior” para seguir e chamá-lo de seu líder.

Crenças religiosas à parte, isso acontece o tempo todo e para qualquer direção que você olhe. E acredite: isso não será diferente entre você (quando ganhar autoridade) e o seu público.

A questão é: que tipo de líder você quer ser?

Trate bem o seu público e a liderança (leia-se também autoridade) lhe será dada naturalmente.

Agora é a sua vez de falar e eu ler. Como está a sua reputação perante o seu público? Você segue algumas dessas regras acima citadas? Quais? O que está faltando fazer para você se posicionar como autoridade em seu nicho?

Deixe suas impressões no campo de comentários aqui embaixo.

Quer dar o 1º Passo para ter uma Autoridade Avassaladora?

Então você precisa aprender a minha estratégia para criação de lista de clientes que compram seus produtos de olhos fechados!

[Clique aqui para saber mais sobre isso [Lista de Clientes em 10 dias]

23 comentários em “As 7 Regras para ter um Site com Autoridade

    1. Rafael Autor do Artigo

      É um prazer ajudar, Kim! Estou estudando algumas coisas neste sentido e em breve escreverei mais dicas sobre autoridade. 🙂

  1. Cristhian

    Excelentes dicas Rafael – Já uso algumas delas a algum tempo e posso dizer que são essenciais para atingir objetivo da autoridade medio e longo prazo. Sucesso!!

  2. João Lins

    Rafael,

    É ótimo saber que existe algum acadêmico no mercado online. Isso me deixa mais tranquilo quanto a discussões para produção de conhecimento.

    (1) Deste modo, permito-me discordar do ponto #5, uma vez que o ponto #1 é capaz de superar até o SEO. O que pensa?

    (2) E gostaria de algumas ideias sobre o ponto #3, uma vez que criar chamadas não é uma tarefa fácil, já que ela pode não fazer sentido em relação ao conteúdo do post.

    Obrigado,

    João Lins.

    1. Rafael Cruz

      Oi João, obrigado pelo comentário!

      Vamos lá: eu vejo o ponto #5 como um complemento ao ponto #1. Você não pode contar com a sorte na internet. Não basta ter apenas um site que ensine um monte de coisas legais se esse conteúdo fica escondido. A vantagem do SEO é você se destacar na multidão sem precisar pagar por anúncios (que é uma boa alternativa ao SEO) e ai, mais e mais pessoas irão fazer parte da sua “tribo” e sua autoridade vai só aumentando.

      Sobre o ponto #3, isso realmente merecia até um artigo exclusivo para falar disso, pois é uma arte 🙂
      O que posso adiantar é que existem certas palavras que chamam mais atenção do que outras. Se você as usar bem em seus títulos e headlines de seus artigos, as chances de despertar o interesse pela leitura aumentam drasticamente. Neste artigo eu mesmo usei uma dessas técnicas (As 7 regras…). Quando você usa números relacionados em sequencias, as pessoas tendem a ler o que você está trazendo (4 dias de alguma coisa, as 7 leis do sucesso… e por ai vai).

  3. Marcos Gabriel

    Rafael,
    Gostei do post e te digo que algumas coisas eu já estou fazendo, o meu único problema seria de ter alguém falando ao meu respeito, isso eu não sei como conseguir. Tens alguma dica?

    1. Rafael Autor do Artigo

      Tenho sim, Marcos. Ofereça-se para escrever artigos em blogs e sites do seu nicho que tenham uma reputação um pouco melhor do que o seu site. isso se chama Guest Post. Ao escrever para outros sites do mesmo nicho, você estará criando uma autoridade em volta do seu nome e do seu site, já que em cada artigo seu, terá um link do seu site (bom para o SEO).

  4. Karlo Uchoa Pinto

    Obrigado pelo ensinamento Rafael,
    Tenho uma empresa de software de gestão e atuo neste seguimento há 12 anos. Tenho bastante autoridade com meus quase 30 clientes e cerca de 300 usuários, ou seja, quando eu digo como uma coisa deve ser, recebo todas as atenções possíveis e é exatamente assim que ela passa a ser. Posso sentir a tal autoridade. Só que nunca fiz um trabalho com isto para transforma-lo em algo de resultados em grande escala.
    Agora pretendo entrar no marketing digital e vou ficar sempre antenado com suas lições e as do Érico Rocha.
    Obrigado, mais uma vez, meu querido e um grande abraço!

  5. Rogério Rossi

    Excelente artigo Rafael, principalmente no que tange a autoridade. Ela é conquistada com a qualidade, da relevância, mas também com estratégia. Continue nos alimentando com conteúdos que mostram a tua autoridade.

  6. Ana Lopes

    Excelentes dicas, Rafael. Acho que já faço de tudo um pouco, mas vc resume tudo num texto enxuto e bem escrito. Uma outra coisa que eu percebo que ajuda muito é participar ativamente de cursos e comunidades relacionados ao seu nicho. Cada curso que eu fiz trouxe um novo público para o meu blog e esse público já vem com uma referência de quem eu sou. 😉

    1. Rafael Autor do Artigo

      Sim, Ana. Essa dica também é valiosíssima. Participar ativamente de foruns, grupos ou comunidades, com contribuições relevantes, sem a intenção de se auto-promover, ajuda muito no ganho de autoridade. Sua participação precisa ser genuína e voltada para ajudar as pessoas. Muito obrigado pelo comentário. 🙂

  7. Chrystian Borges

    Excelentes dicas, Rafael. Outra dica do item #4 é citar outros blogs em algum post, ou até mesmo fazer um post sobre um post muito interessante de outro blog. Os donos do blog vão gostar muito disso e podem inclusive falar de você nas redes sociais, no blog, etc.

    1. Rafael Autor do Artigo

      Isso mesmo, Chrystian. Isso ajuda no pagerank do seu site, cria relacionamento com outros blogueiros ou líderes de sites e ainda o torna conhecido para o seu público.

  8. Julio Carvalho

    Mais um tiro certeiro Rafael.
    Eu demorei alguns anos (e ralei muito) para aprender isso que você relata neste artigo. O nome que dou pra isso é marketing educativo e num treinamento com o Chet Holmes ele apresentou uma matéria chamada “história fundamental” como sendo a base de tudo isso.
    Continue mandando essas pérolas!

  9. Pingback: Como Fazer um Vídeo de Alto Impacto em seu Site 1/3 - Curso de Email Marketing p/ Vendas - Listas de Email Marketing

  10. Pingback: 3 Poderosas Dicas para Aumentar seus Fãs no Facebook - Curso de Email Marketing p/ Vendas - Listas de Email Marketing

  11. Pingback: Como Ganhar a Atenção para o seu Produto Através do Video Marketing - Nerd Rico

  12. Pingback: Como Encontrar Clientes para seu Produto com Video Marketing - Nerd Rico

  13. Pingback: Como Criar Vídeos que Convertem na Internet | Parte 1 - Nerd Rico

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *