Ícone do site Nerd Rico

Se Quiser Ir Longe, Então Vá Acompanhado

Se quiser ir longe então vá acompanhado
Rate this post

Este será o último artigo do ano do Nerd Rico.

E será quase uma confissão para você.

Deixe-me explicar:

Durante esse ano, as 3 frases que eu mais ouvi foram:

1) Feito é Melhor do que Perfeito (que inclusive rendeu um artigo em setembro sobre esse tema, que você pode conferir aqui.);

2) Se Quiser ir Longe, Então Vá Acompanhado e…

3) Nada Sobrevive ao Campo de Batalha.

Elas são bonitas e trazem mensagens claras.

Mas o curioso é que você só percebe o impacto delas quando isso passa a fazer parte de você.

É quando a ficha cai.

Quando falei sobre “Feito é Melhor do que Perfeito”, eu recebi diversos comentários falando que o texto foi inspirador e que a partir de agora eles iriam sair da inércia.

Tomara que isso tenha acontecido.

Aliás, peço para aquelas pessoas que comentaram lá, possam voltar aqui e deixar um novo comentário dizendo o que realmente fizeram desde a leitura daquele artigo até a presente data.

Anyway, o que eu quero falar hoje será uma espécie de confissão para você.

É uma confissão porque eu não conseguia sentir a força que a frase “Vá acompanhado” tinha. Eu entendia, mas não conseguia sentir. E se você não sente, você não sai do lugar.

Existe uma grande distância entre você entender e cair a ficha. E eu quero falar agora como que a minha ficha caiu e eu consegui finalmente lançar o primeiro produto da Nerd Rico no mercado, o NerdSeller.

Tudo começou com um conselho do Érico Rocha via skype. Ele falou: você sabe quem são seus parceiros? Sabia que eles são fundamentais no seu negócio?

Eu disse que sabia. Mas no fundo não sabia, pois não contava com nenhum deles, pois acreditava que eu poderia fazer tudo sozinho.

Eu estava enganado. E o meu orgulho foi o grande responsável por certas dificuldades que tive ao longo deste ano.

De qualquer modo, resolvi pedir ajuda. Isso para um orgulhoso é uma tarefa difícil… mas eu tenho uma certa tendência em confiar nas sábias palavras do Érico Rocha, aí não teve jeito rs

Recorri ao Sandro San, Victor Damásio, Marcelo Souza, Luiz Henrique, Luciene Marques, Ana Lopes, Bruno Gimenes, Ivan Oliveira, Romualdo Cronemberger, Rafael Albertoni, Marcelo Nascimento, Dr. Vendas, Márcio Costa…

… e me aproximei do Circuito Internet Marketing (CIM), que é um encontro mensal de empreendedores cariocas, enfim. Para cada um eu pedi uma ajuda específica.

E cada um deles me ajudou. E a soma dos seus esforços me rendeu o lançamento do meu primeiro produto. Isso jamais aconteceria neste ano.

Eu estava inseguro para lançar o meu próprio filho!

E com o empurrão do Victor e do Sandro, eu pude lançar ao vivo o NerdSeller numa iniciativa inédita do CIM.

Foi de um improviso absurdo, mas me fez ter coragem e ver que era possível fazer acontecer. E eu fiz minhas primeiras vendas, o que é sempre muito gratificante.

Fiquei empolgado e decidi lançar o NerdSeller para a minha lista. Só que ficaria impossível lançar antes do Natal. E durante as festas de fim de ano todo mundo sabe que a galera fica sem grana para comprar cursos.

Mas eu não quis saber. Resolvi fazer o impossível e vender o NerdSeller durante o Natal. Foi um sucesso! Vendi mais cursos do que eu mesmo havia definido como meta.

Mas o dinheiro ganho não foi o mais importante neste processo.

O que realmente foi fantástico foi sentir que eu tenho parceiros. Sentir que juntos REALMENTE podemos ir mais longe e que não é vergonha pedir ajuda quando se precisa.

Eu sou um nerd e não um super-heroi. Tenho meus acertos e meus erros, como você também tem. E por isso que todos nós precisamos de ajuda sempre. 😉

Depois de tudo isso, o alívio tomou conta de mim. A insegurança se transformou em segurança. Agora estou finalmente no campo de batalha!

Deixo aqui o meu agradecimento especial a todas essas pessoas que ajudaram o Nerd Rico. Vocês foram demais!

E que esse texto de final de ano sirva de inspiração para você iniciar com o pé direito 2014.

Hoje falei sobre a segunda frase. Semana que vem falarei sobre a terceira.

Se você gostou e quer acrescentar alguma coisa nova neste artigo, por favor deixe o seu comentário aqui embaixo.

Sair da versão mobile