Nada Sobrevive ao Campo de Batalha

Por | junho 11, 2017

coracao-valente

Continuando a série de 3 artigos sobre as frases que mais mexeram comigo em 2013, hoje falarei para você sobre o que é estar jogando o jogo. Ou, como outros falam: entrar no campo de batalha.

Se você perdeu os outros 2 artigos, pode lê-los aqui:

1) Feito é Melhor do que Perfeito

2) Se quiser ir longe, vá acompanhado.

É verdade que a frase “Nada sobrevive ao Campo de Batalha” é forte. Mas tem que ser mesmo. É um alerta para você. Não para que você recue, mas para que você entre preparado para salvar vidas ao longo da batalha.

Se você ainda está olhando para o mapa e vendo onde você irá atacar, provavelmente você ainda não entendeu o impacto que o parágrafo acima tem.

Eu também estava assim há alguns meses. E quando entrei de verdade no campo de batalha, eu vi que, por mais que você planeje para que tudo saia perfeito…

… não sai perfeito.

Incidentes acontecem. Imprevistos aparecem. E você, como um bom líder no campo, precisa contornar e consertar tudo e fazer o que precisa ser feito para que a batalha termine….

… a seu favor.

Nada mais simples de se entender do que uma história real. Então vou te contar uma.

Por favor não chore rs

Primeiro lançamento externo do Érico Rocha para o Fórmula de Lançamento.

Era maio quando recebi o convite dele para ser um dos seus parceiros na promoção do curso. Fiquei contente com o convite, mas preocupado, afinal a minha lista só tinha 250 pessoas naquela altura.

Eu iria passar vergonha. Até porque ele estava convidando só feras para promoverem o curso. Como que eu poderia fazer frente aos ninjas da internet?

Mas eu aceitei o convite e precisava fazer o melhor que podia ser feito. Ou seja, eu estava entrando no campo de batalha.

Chegou o período de lançamento (em junho). Sou disciplinado e meticuloso, então fui fazendo o meu trabalho da melhor forma possível. Almejava vender 2 cursos para ele. Afinal, o que esperar de uma lista de pouco mais de 300 pessoas?

Só que algo estranho começou a acontecer. Só no primeiro dia eu já tinha vendido os 2 cursos que eu tinha por objetivo. Estranho. Bom, mas estranho.

Os dias foram se passando e, no penúltimo dia de campanha, o Hugo manda um e-mail informando um resultado parcial dos 10 melhores afiliados. Eu estava em 10º.

Pulei da cadeira quando vi. Como assim??? Eu estava na frente de feras do marketing digital. EU? EU? O cara da lista medíocre de 300 pessoas? Tinha algo errado.

Na mesma hora mandei um e-mail pro Érico:

“Érico, tem algo errado nesta contagem. É impossível eu estar nesse top10”.

Érico me responde 5 minutos depois:

“Está certíssimo, Nerd Rico. E eu quero te ver entre esses 10!”

Agora é questão de honra!. – pensei. Preciso ser um top10 do Érico.

Neste momento eu decidi entrar com uma metralhadora no campo de batalha. É agora ou nunca.

Parei pra pensar. Se meus cálculos estiverem certos, em só preciso de mais 3 vendas até amanhã para garantir a minha permanência no Top10. Se eu só consegui mais 2 vendas, posso entrar, mas dependerei do resultado ruim de alguém.

Foi então que decidi fazer um webinário no último dia. O primeiro webinário da história do Nerd Rico. Seria um grande teste no campo de batalha.

O último dia de campanha do Érico caiu num sábado. Este dia não costuma ser muito bom para webinários. Mas não tinha jeito. Marquei às 15 horas.

Aí apareceu o primeiro problema: Este era o horário que o Brasil estrearia na Copa das Confederações. E muita gente pediu para eu remarcar. Remarquei para 14 horas.

Aí lembrei de um segundo problema: minha casa fica cheia de cães aos sábados, pois o meu irmão trabalha com banho e tosa. É uma poluição sonora que você não imagina.

Não tinha pra onde ir, pois o meu único contato próximo não estava em casa. Tinha que ser na minha casa mesmo.

Enfim, tentei isolar o aposento onde eu iria fazer o webinário o máximo possível e rezei para que os cães ficassem calminhos (era o que me restava, né…).

Chegou a hora. Eu estava nervoso pelo feito inédito. E tenso por causa dos cães…

Fui com tudo. Eu estava preparado para fazer um bom webinário. E comecei:

“Boa tarde. Eu sou o Rafael Cruz e quero te dar as…”

A energia da casa acabou. SIM! A energia da casa SIMPLESMENTE acabou no exato instante que eu comecei o webinário! Como assim?? E agora?

Corre lá pra, corre pra cá e, 5 minutos depois, a energia voltou. UFFA!

“Vamos lá galera, tive um probleminha aqui com a energia. mas já está tudo ok. Imprevistos acontecem, né? Mas como eu ia dizendo…”

A minha internet caiu. NÃAAAAAAAAAAO!!!!!

Tu tá de brincation with me, cara???

Fiz uma retrospectiva rápida na minha memória para lembrar se eu tinha maltratado algum idoso, xingado alguém, pisado em macumba… pois isso tudo só poderia ser castigo comigo!

Mais 5 minutos e a internet voltou. UFFA! Agora vai!!

E comecei a fazer o meu webinário. Estava empolgado. Senti que eu estava bem e agradando. Lá pelas tantas (uns 35 minutos de webinário), notei que meus slides não estavam mais passando. Achei estranho. Perguntei as pessoas se elas estavam vendo os slides normalmente. Estranho. O chat estava travado.

Oh boy… lá vamos nós de novo… Pensei que a internet tivesse caído outra vez. Entrei em outros sites. Tudo normal. Humm… então a sala travou. Saí e tentei entrar novamente. Sem sucesso. Sim, eu não conseguia mais entrar no meu próprio webinário!

Tentei acessar o site do serviço. Não abria. Putz, o mundo acabou e ainda não me avisaram…

Sério, deu vontade de chorar. Sentei num canto e fiquei lá. Tentando entender porque TUDO que não poderia acontecer, aconteceu nos últimos 40 minutos.

É, meu chapa. Eu estava no campo de batalha…

Depois de curtir o meu luto. Tentei novamente acessar o webinário. Nada. Algo tinha acontecido com o serviço (depois fiquei sabendo pelo suporte que eles tinham sofrido um forte ataque de hackers justamente naquele horário).

Não desisti. Resolvi gravar num vídeo o restante do webinário (com a minha oferta para tentar as 3 vendas desejadas). Gravei e, no intervalo do jogo do Brasil, eu mandei um e-mail pedindo desculpas pelos problemas e que eu estava mandando o restante do webinário gravado para eles.

Fiquei devendo só a sessão de perguntas e respostas ao vivo.

Pronto. Agora eu tinha só mais algumas horas para torcer para que as pessoas que estavam no webinário lessem o meu e-mail, vissem o restante do vídeo e comprassem o Fórmula de Lançamento.

Apesar de todos os esforços, já via com desânimo a agora remota possibilidade de ficar entre os 10 melhores afiliados do Érico.

Lamentei o azar, mas não deixei que ele me abatesse. Fiz o que tinha que ser feito. Fiz o melhor que podia fazer. O resto agora estava a cargo do meu merecimento.

Deu meia-noite. Érico fechou as inscrições para o curso. Fui conferir no sistema se alguma vivalma havia comprado o curso neste interím.

Meus olhos brilharam quando  eu vi que sim. Não apenas 1 venda, mas 2!

Eu ainda estava no jogo! Não consegui as 3 vendas que talvez me desse a certeza que eu ficaria no Top10, mas agora eu tinha uma possibilidade real de aparecer no Top10.

4 dias depois, o Hugo manda a relação final com os top10 melhores afiliados daquele lançamento. Os 10 melhores ganhariam 1 dia de mastermind com o Érico Rocha, lá em Balneário Camboriú. Demorei uns 20 minutos para conseguir abrir aquele e-mail.

Abri. E aqui está, nas palavras do Hugo, o trecho do e-mail que interessa neste momento:

Agora vamos ao ranking final de vendas geral:

1) Romualdo e Veronica “Ainda donos do Cinturão” Cronemberger
2) Cristiane Franklin
3) João Pedro Resende
4) Bruno Juliani
5) Victor Damásio
6) Rogério Job
7) Conrado Adolpho
8) Anderson Chipak
9) Rafael Cruz, Fabiano Silva , Ana Lopes, Fagner Borges (todos empatados)
10) (ficou com os empatados acima)

E aqui está o resultado da iniciativa que eu tive, para entrar no campo de batalha, mesmo com uma lista super pequena, mesmo sendo calouro em tudo:

bc-mastermind

Para não haver dúvidas, eu sou o mais discreto da foto: o de camisa AMARELA!

Que esta história sirva de motivação para você. Entre no campo de batalha, e esteja preparado para todos os imprevistos possíveis. Tenha em mente sempre o seu propósito final e você sairá vitorioso do campo de batalha!

Uma ótima semana para você.

36 comentários em “Nada Sobrevive ao Campo de Batalha

  1. Pingback: Se Quiser Ir Longe, Então Vá Acompanhado - Nerd Rico

  2. Julio

    Olá Rafael!
    Esse artigo acendeu o pavio, botou pilha, incendiou o dia, a semana, o ano… o lançamento.
    Muito obrogado!
    PS. Eu aprendi (e confirmo) que a gente não tem consciência da amplitude das nossas palavras na vida dos outros.

  3. Eros Gaspar

    Pois é Rafael as coisas nunca acontecem exatamente como o planejado, principalmente se for num webnário, por falar nisso qual sistema de webnário vc utiliza?

  4. Roger

    Rafael, muito legal esta experiência cara. Parabéns!!! E Muito obrigado por compartilha-la. As vezes vemos de fora o sucesso do outros e achamos que tudo da certo para eles, que tem muito conhecimento, experiência, etc, etc. Me deu outra visão do negócio. Grato de verdade.

  5. Junior

    Sensacional Rafael, obrigado por compartilhar essa história, estou passando por isso no momento e sempre quero acertar todos os detalhes possíveis para estar entrando no campo de batalha, sua história resume o que falta para mim, não precisa tentar aplicar o perfeccionismo mas sim estar no campo de batalha quando o que vc mais precisa é ser o soldado !

    Forte abraço.

  6. Orlando

    Muito comovente Rafael, é nesta hora que no campo de trabalha, que é temos que nos preparar, pois surgem muitas adversidades, mas com persistência e perseverança , alcançamos de fato os nosso objetivos, parabéns!

  7. mduarte

    Cara eu quase me mijei de tanto rir! E no final da leitura eu quase chorei. Pow, depois deste post quem não estiver motivado para entrar no campo de batalha, pode cavar um buraco na terra deitar e “SE MORRE”. Putz Rafa, brigadasso por compartilhar essa experiência. Cara fantástico!

  8. Priscila Rafael Veloso

    Muito bom seu artigo… e vendo uma história assim serve de inspiração para nós mesmos…. fantástica história… Na prática vemos como o campo de batalha é cruel!

    Abraços

  9. Pereira Vencendo

    Grande Rafael, persistência pura, foco, objetivo definido e ir a luta, perfeito sua atenção e vontade de chegar lá.
    fica meu desejo ” Que você sempre esteja Vencendo “

  10. Carlos Magno

    Muito legal esta sua estória, Rafael.

    Realmente, o campo de batalha é incrível.
    Na minha profissão costumamos dizer que “…quanto mais inspiração, menos transpiração”.

    Isto é uma analogia pra uma melhor preparação, um melhor planejamento antes de irmos pro campo de batalha, mas sinceramente, nunca, nenhum planejamento, por mais elaborado que fosse, conseguiu prever as variáveis que se tem no campo de batalha…

    Parabéns pela sua conquista, isso significa que mesmo com todos os problemas, você conseguiu atingir a sua meta.

    Parabéns cara!

  11. Rogerio Job

    Putz, quanta zica aconteceu hein Rafael? Ainda bem que você permaneceu na batalha e virou o jogo.

    Fica uma grande lição para todos nós, temos que estar preparados para tudo e lutar até o fim como você lutou.

    Abraço!

  12. Marcelo Ricco

    Rafael parabéns !!!!! O sucesso pertence aqueles que nunca desistem dos seus sonhos e sempre terminam aquilo que começam.
    Um grande abraço !

  13. Felipe Nascimento

    Boa história e um exemplo que não devemos desistir, na verdade temos de lutar até o último segundo. Já imaginou se você simplesmente desistisse do webinário e fosse ver o jogo do Brasil? Não teria 2 vendas e hoje sua história poderia ser diferente.

    Parabéns!

  14. Denis Leão

    que história incrível, Rafael. Parabéns, você nos presenteou com um grande elemento motivacional. Para o começo de ano é uma ótima iniciativa! Muito sucesso para todos nós!

  15. Aldemiço

    Foi incrível a sua história, mas o que vale e a perseverança, estou há muito tempo entrar neste negócio, mas até agora não conseguir, espero ter mais sorte.
    Obrigado amigo.

  16. Bruno

    Parabéns, serve de inspiração !!!
    Uma dúvida, qual o tamanho da lista você sugere para criar um produto? Se com uma lista pequena de 300 já teve um bom resultado… imagina com 10 vezes mais.
    Abraços

  17. Flaviano Costa

    Isso mostra que não devemos desistir diante das dificuldades, mesmo que não saia perfeito o importante é seguir em frente e melhorar sempre, Parabéns!

  18. Rafael Hércules Hatziefstratiou

    Parabéns Rafael!!Principalmente por compartilhar sua história tao rica em detalhes,dificuldades,expectativas e determinação! Você tem feito um excelente trabalho e inevitavelmente vai colher muitos frutos!! Esta no caminho certo!! Sucesso!!!

  19. Pingback: Como Analisar a sua Concorrência - Curso de Email Marketing p/ Vendas - Listas de Email Marketing

  20. Pingback: Inglês Fluente para Empreendedores - Curso de Email Marketing p/ Vendas - Listas de Email Marketing

  21. Welisson Silva

    Muito bom, eu com uma lista com mais de 10 mil, não chego nem perto kk… Sinal que preciso melhora e muito! Ótima história!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *