Ícone do site Nerd Rico

O Marco Civil pode Prejudicar o seu Negócio?

Rate this post

No dia 23 de abril de 2014, a presidente (sim, eu falo presidente mesmo!) Dilma Roussef sancionou o Marco Civil da Internet.

E a pergunta que fica é:

isso vai prejudicar os negócios dos empreendedores digitais?

A princípio não. Mas existe um ponto que merece a sua atenção, pois ele pode sim, afetar o seu negócio.

Mas antes de falar dele, vamos entender do que se trata esse Marco Civil da internet brasileira (MCI).

O MCI foi criado para criar uma regulamentação do uso da rede mundial de computadores dentro de solo nacional, visando a determinação de princípios, garantias, direitos e deveres que quem usa a internet.

Além de uma demarcação da atuação do Estado em tudo isso.

Essa lei não nasceu ontem. Ela foi pensada em 2009 e somente no mês passado que ela foi sancionada, onde entrará em vigor a partir de junho.

Certamente que o vazamento das notícias sobre a espionagem norte-americana sobre a nossa presidente e a Petrobrás deram uma acelerada na aprovação desta Lei.

Bom, a única grande preocupação que atinge todos os brasileiros é de ordem política, pois o governo não deixou claro o que seria essa “atuação do Estado” sobre a internet.

E como sabemos, esses políticos não tem a menor capacidade de definir tecnicamente as operações que envolvem os negócios pela internet e o fluxo de informações dela.

Agora, olhando para o nosso lado, os dos empreendedores digitais, existe alguma preocupação específica para nós?

Sim, existe.

E isso diz respeito aos cookies.

A grande preocupação do governo é a questão da privacidade e segurança dos usuários. E nisso que a regulação vai incindir.

E, como voce já deve saber, os cookies são arquivos armazenados automaticamente por sites nos computadores dos seus visitantes com o intuito de identificar e ou coletar dados dessas pessoas.

Até aí, nada de grave, pois, se esses dados não forem expostos, colocando em risco a segurança e privacidade das pessoas, então o Marco Civil não precisará ser acionado.

No entanto, a preocupação reside na prática de remarketing.

Pois o remarketing só funciona com cookies. E a partir do momento que esse cookie USA as informações de navegação do usuário para direcionar campanhas segmentadas para ele, isso pode configurar, para o Marco Civil, em invasão de privacidade.

Afinal, o fato de você, um dia ter caído num site, não necessariamente significa que você QUEIRA ser bombardeado por anúncios naquele referido site. E essa prática pode sim ser enquadrada no Marco Civil.

Então, no momento, a única preocupação reside no remarketing.

E eu aconselho que você não baseie todas as suas campanhas pagas em remarketing no Google ou no Facebook, pois você pode ter suas vendas prejudicadas.

Mas não fique desesperado, pois isso é apenas um alerta a você. Não está determinado que remarketing será bloqueado ou coisa do tipo.

E eu, no papel de blogueiro de marketing digital, achei importante destinar este artigo para te inteirar dessa importante mudança de rumos que podemos ter nos próximos meses em decorrência desta nova lei regulamentadora.

E você, o que acha disso tudo? Gostaria de saber o que você pensa sobre o Marco Civil e como você imagina o impacto desta lei em seu negócio.

Para deixar a sua opinião, deixe seu comentário aqui embaixo.

 

Sair da versão mobile