Storytelling para Vídeo: Como Contar Histórias para Vender

Por | junho 29, 2017
Storytelling para vídeo

Se você não tem jeito pra vendas e quer ter um negócio online, a melhor técnica que eu poderia recomendar pra você aplicar é o storytelling para vídeo.

Você que acompanha meu blog e meus e-mails já percebeu a importância que a arte de contar histórias (storytelling) tem dentro de um negócio.

Eu resolvi escrever esse artigo por conta de uma dica que o Ivan Oliveira deu no webinário “Tudo o Que Você Precisa Saber para Criar Vídeos Gastando o Mínimo em Equipamentos”.

Com História e Sem História

Neste vídeo, Ivan explicou porque você não deve sair “vomitando” conteúdo ou pitch de venda para seus clientes. Ele recomendou que você passe o seu recado em forma de história. Ou seja, que use o storytelling para video.

Ele inclusive deu um exemplo de roteiro com história e outro sem história para um hipotético curso de inglês. Mas… vamos ver isso na prática?

Bom, veja o vídeo abaixo:

Observe que a mensagem principal que eu queria passar era promover as funcionalidades da ferramenta Gymbo.

Mas antes de “vomitar” essas funcionalidades pra você, eu criei uma história, personifiquei um possível usuário do Gymbo (o André) e foquei no problema que ele tinha. Em seguida eu apresento o Gymbo como a solução para o problema do André.

Isso é storytelling para vídeo que vende!

Por que usar storytelling para vídeo funciona melhor?

storytelling para video

Porque quando você cria uma história, as pessoas se conectam emocionalmente a ela. E isso ocorre porque toda história (quando bem contada) desperta a imaginação das pessoas.

Lembre-se se um livro ou filme que você tenha assistido recentemente. Se a história era boa, você se envolveu com ela. Você se projeta naquela história e isso faz parecer que você faz parte daquele universo.

E é aí que a mágica acontece.

Você fica mais susceptível a qualquer recomendação. E é nesta hora que eu posiciono o Gymbo como solução para o André.

Aí é Pá-Pum!

O espectador já está super atento ao que você está dizendo e a mensagem será muito bem recebida por ele.

É por isso que se você souber contar boas histórias e aliar essa habilidade com a produção de bons vídeos, eu posso te garantir que o seu negócio sofrerá uma reviravolta no quesito vendas.

O storytelling para vídeo é uma poderosa ferramenta de venda “discreta” e envolvente.

Quer Mais Dicas para Trabalhar com Vídeos?

Para a sua surpresa, fazer vídeos pode ser muito mais simples do que você imagina.

E nesta semana do vídeo você terá acesso a muitas informações para aprender a usar vídeo como ferramenta de venda para seus produtos ou simplesmente descobrir maneiras de ser um profissional criador de vídeos para quem quer vender online.

Nada melhor do que o webinário do Ivan Oliveira para você entender como isso pode funcionar pra você. No webinário ele vai te ensinar conceitos básicos para a criação de vídeos espetaculares para o seu negócio.

Você pode acessar o webinário por aqui: Criando Vídeos Incríveis Gastando Pouco, com Ivan Oliveira e Rafa Peres.

Se você achou interessante essa dica de hoje, então deixe um comentário aqui embaixo.

Aproveite para comentar os resultados das mudanças que você implementou em seus vídeos a partir deste artigo ou do webinário do Ivan.

PS: Gymbo é uma startup do empreendedor Gerson Ribeiro. A narração do vídeo foi feita pelo Gerson e o roteiro e a animação pela Nerd Rico.

9 comentários em “Storytelling para Vídeo: Como Contar Histórias para Vender

  1. Moises

    Muito boa a Animação Rafa! Ja me inscrevi na lista do Ivan. O produto parece ser bem interessante!

  2. Mesaque

    Daí a importância de se usar midias hoje em dia!

    Eu gosto muito do Youtube, podemos criar um vídeo com uma boa história lá e incorporar no blog ou em uma página e enviar para lista!

    Um forte abraço, ótimo post.

  3. John Heine

    Top Rafael, Histórias realmente fazem a diferença! Minha dúvida é:

    Na hora de escrever um roteiro, quais os principais elementos que a história deve conter!?

    Desde já agradeço 😉

    1. Rafael Cruz Autor do Artigo

      Fala John! Obrigado! Sobre a sua dúvida, minha sugestão é simplificar. Neste caso, eu usaria a seguinte estrutura:

      – Apresentação (com uma frase que crie forte interesse (e antecipação) no conteúdo do vídeo (primeiros 8s do video)
      – Mostrar um problema ou dificuldade personificada numa situação real (com um personagem sob¡frendo isso na pele)
      – Mostrar o que se conhece no mercado pra resolver esse problema (e o que o personagem fez pra resolver e nao teve muito sucesso)
      – Mostrar o caminho que você recomenda (apresentar o caminho que definitivamente resolveu o problema do personagem)
      – Fazer a chamada pro expectador fazer o mesmo

      Espero ter ajudado 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *