O Poder dos Congressos Online

Por | junho 10, 2017

congressos online

Talvez você esteja de saco cheio da quantidade de convites que recebe para participar de congressos online.

Eu mesmo encho a sua caixa postal com esses convites, não é mesmo?

Bem, quanto a isso eu tenho uma boa notícia para você, mas falarei mais pro final deste artigo.

A verdade é que eu resolvi escrever esse artigo justamente no olho do furacão. Ou seja, estamos vivendo uma época (fica grandioso falar assim, né? rs) onde vemos pipocando congressos online por todos os lados.

E eu estou aqui pra abrir o jogo: tem muita gente chiando. Tem muita gente achando sacal, overdose de congressos etc.

É por isso que estou aqui. Para te passar algumas informações que talvez você não conheça e mostrar a situação por um ponto de vista que você nem imagina. Vamos lá?

Essa “onda de congressos” (tô roubando essa frase do grande Victor Damásio) começou com a criação do CONAED (Congresso Nacional de Empreendedores Digitais), lá em setembro de 2013. Repare que isso não tem nem 1 ano (estamos no último dia de março de 2014).CONAED2

O CONAED foi o primeiro congresso online a ganhar os holofotes do mercado digital e até mesmo da imprensa (saiu uma reportagem sobre o congresso na Revista Pequenas Empresas Grandes Negócios).

Ele foi criado por Alan Pakes e Marcelo Nascimento. Quando a ideia nasceu, eu estava no mesmo lugar que esses caras estavam. Não participei da criação, mas eu estava lá, quando a semente foi plantada.

Nerd Rico e Alan, do CONAED

Nerd Rico e Alan, do CONAED

E esses caras ganharam muito a minha admiração, pela coragem de fazer um evento desta magnitude. Eu realmente os admiro muito, porque em abril eu já tinha vontade de fazer um congresso online, mas eu não tive a coragem que eles tiveram.

Anyway, o fato é que, em 30 dias de trabalho pesado, o Alan e Marcelo saíram do anonimato no mercado digital e se tornaram 2 grandes referências. 2 mega autoridades, afinal, o congresso foi um sucesso (média de 800 pessoas por palestra), faturamento de quase meio milhão de Reais e uma lista quente com milhares de pessoas inscritas.

Repito: tudo isso em 30 dias.

Após o CONAED de setembro de 2013, pudemos ver o surgimento de dezenas de outros congressos online, repetindo a fórmula bem sucedida do CONAED.

A grande maioria foi na área de marketing e empreendedorismo, mas recentemente já temos visto congressos em outros nichos, como relacionamento, emagrecimento, produtividade etc.

Então, qual é o poder de um congresso online?

Bom, existem muitas coisas em jogo. Tanto para os organizadores, quanto para os palestrantes quanto para os espectadores:

Organizadores: Um congresso online bem executado vai proporcionar uma enorme exposição, ganho incrível de autoridade no nicho do congresso, uma lista enorme e com leads quentíssimos e, claro, muito dinheiro.

Tudo isso em curtíssimo prazo. De 2 a e 3 meses (considerando o planejamento à execução).

Palestrantes: Ser convidado para um congresso é uma honra e precisa ser considerado com carinho, afinal o palestrante vai aumentar a sua autoridade ao associar a sua marca/imagem/expertise ao referido congresso, terá possibilidade de ter um aumento da sua lista (quando mais importante e maior for o congresso, mais impacto a sua lista terá) e até de vendas, afinal, os leads que o palestrante recebe são bem quentes.

Espectadores: Estes terão a oportunidade única de conhecer e aprender através das dicas e experiências dos melhores profissionais do ramo que ele atua. Isso não é fácil de se conseguir. E tudo isso num curto espaço de tempo.

Caso o espectador tenha tempo e disposição para acompanhar o congresso ao vivo, então ele poderá obter todo esse conhecimento DE GRAÇA. E ter a chance de crescer como profissional sem pagar nada.

É aquele tipo de oportunidade que não acontece sempre. E você sabe disso.

Como você pode vê: é uma relação ganha-ganha-ganha.

Agora, com essa explosão de congressos provocada pelo CONAED, o mercado está um pouco descontrolado e é natural que excessos aconteçam. Dentro de alguns meses veremos uma estabilização disso.

E o que é que está acontecendo? Está acontecendo que certas referências do mercado estão sendo bombardeadas com convites para palestrar em inúmeros congressos. E não dá para estar em todos, né?

Em minhas conversas privadas com algumas dessas pessoas, já estamos entrando em consenso de que um forte filtro deverá ser criado para não causar um estresse dos nossos negócios.

Isso porque (se você não sabe, vai saber agora), existe um compromisso de que todo palestrante deve ajudar a promover o congresso pelo qual está palestrando. Isso significa, basicamente: envio de e-mail para nossas listas.

Agora imagine: se eu, Nerd Rico, aceito participar de 6 congressos, você, que está na minha lista, vai receber 6 convites meus (no mínimo) para conhecer esses congressos. E isso em um curto espaço de tempo.

Você me xingaria, não? rs

A verdade é que eu fiz isso (mea culpa aqui) e por isso decidi estabelecer um número máximos de participações POR ANO em congressos online. Isso para não lotar a sua caixa de e-mails. 🙂

Eu acredito que em breve o mercado vai estabilizar e os congressos, que são verdadeiras fontes de saber e expertises, não serão vistos de forma depreciativa pela comunidade. Só por causa da quantidade.

Isso é uma impressão muito errada. Só você parar pra pensar: Se você circular por 10 minutos numa cidade grande, quantas bancas de jornal você vai encontrar pelo caminho? Um monte. Quantas farmácias ou botecos? Um monte. E isso te incomoda?

Você, que certamente assiste TV, já parou pra contar a quantidade de programas que passam todos os dias na telinha? E ainda tem gente que PAGA para ter ainda mais programação, assinando uma tv por assinatura.

Porque essas coisas não te incomodam, mas o excesso de congressos incomoda? Percebe que é apenas pelo fato dos congressos serem uma fonte nova de informação e que você ainda não se acostumou com eles?

Portanto, eu espero que a nossa comunidade tenha mais calma e entenda que em breve isso fará parte do nosso cotidiano, assim como fazem também os congressos offline.

E que tudo é questão de filtro. Consuma o que te interessa. Você não precisa estar presente em todos os congressos presenciais, não é mesmo? Então, a regra é a mesma em se tratando de congressos online.

Pra fechar:

Gostaria de te convidar para conhecer a programação do CONAED 2.0 (sim, ele voltou!) que está começando nesta quinta-feira (dia 3/04) e vai rolar até o dia 10. O CONAED é um dos melhores congressos online e eu recomendo fortemente que você escolha algumas palestras para acompanhar:

Inscreva-se gratuitamente no CONAED 2.0 aqui

——————————– Atualização de 08/04/2014 ——————————-

O congresso está praticamente no final e se você perdeu ou quer ter acesso ilimitado a todas as palestras do evento, você pode escolher um dos planos de acesso ao CONAED.

Além das palestras, você ainda receberá uma dezena de bônus especiais. Dentre esses bônus, tem um meu também.

Aproveita, pois se você comprar algum dos planos de acesso do CONAED até o dia 10 de abril, você economizará até R$ 300, pois, depois do dia 10, os preços dos planos voltarão ao seu preço normal.

Se quiser uma recomendação, assine o Plano Diamante, pois os bônus desse plano valem muito a pena. Vai por mim. 🙂

————————- Fim da atualização do dia 8/04/2014 ——————————

E, só para constar: o modelo de negócios desses congressos online é chamado de HLS (Hyper Lançamento Semente) e faz parte do curso Fórmula de Lançamentos.

Se você quiser aprender a montar o seu próprio congresso, recomendo que você faça o curso Fórmula de Lançamento. A nova turma do Fórmula irá abrir no final deste mês.

Fique atento.

468x60-2

7 comentários em “O Poder dos Congressos Online

  1. Sergio

    Caro Nerd, como sempre seu conteúdo é de qualidade. Só faltou mencionar sobre o fato de que estamos cadastrados nas listas de praticamente todos os palestrantes, o que de fato, entope nossa caixa de entrada de emails. É isso que precisa ser revisto. Em união.

    1. Rafael Cruz

      É verdade, bem lembrado, Sérgio. Só que não são os palestrantes que irão resolver isso, afinal, como disse aí no adtigo, isso é um compromisso solicitado aos palestrantes por parte dos organizadores.

      1. alberto minoru

        Rafael com certeza os congressos são fontes de informações preciosas, contudo muitos palestrantes falam o mesmo assunto de forma não tão contundente (jogam a isca) na verdade esperam que a gente compre o produto deles, no final avalio que seja melhor mesmo comprar um produto seu por exemplo ao invés do congresso cheio de dicas para quem está começando precisa de um plano mais completo.

  2. jeferson Oliveira

    Muito bom Rafa!

    O Alan é espetacular, conheço o CONAED e vejo/vivo essa onda dos congressos.

    1. Rafael Autor do Artigo

      Opa, que bom, Julio! Espero continuar empolgando sempre e levando você a um novo nivel em seu negócio!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *