Nerd Rico na Brasil Game Show

Por | junho 11, 2017
Brasil Game Show

Vista do alto de um dos pavilhões da BGS

Nos últimos dias eu pude acompanhar de perto os 4 dias (5 para quem era expositor) da maior feira de games da América Latina, a Brasil Game Show (BGS), realizada em São Paulo entre os dias 26 a 29 de outubro de 2013.

Fui à convite da empresa Marques Ribeiro de Intercâmbio, que ficou sediada no stand da Aiyra, a empresa que desenvolveu o aplicativo oficial da BGS e o game oficial no Brasil de Dragon Ball Z.

Brasil Game Show 2013

Eu tinha um objetivo: observar como que um empreendedor poderia fazer negócios dentro de uma feira tão grande e importante como essa. Eu mesmo estava lá para fazer negócios também, pois buscava contatos com investidores para um negócio ao qual sou sócio.

E o que eu descobri?

Bem, de modo geral, notei que os stands das grandes marcas (XBox, Playstation, Globo, Riot, Warner etc) estavam la para branding (consolidar a sua marca e seus produtos principais junto ao público).

Marcas intermediárias, como a Aiyra, a Marques Ribeiro, Seven, Gamérica, Qualcoom, EcoGames buscavam algo mais do que só branding. Elas buscavam novos clientes ou um novo mercado para entrar, através do lançamento de um novo produto para o segmento.

E o curioso é que, como expositor e com um stand, você vira alvo, ou seja, as pessoas vão até você, perguntam sobre o seu trabalho e iniciam um relacionamento que provavelmente acabará em um bom negócio após a feira.

Jovem Nerd e Nerd Rico na BGS 2013

Jovem Nerd e Nerd Rico na BGS 2013

Vale dizer que não é barato estar numa feira desse porte com um stand montado, no entanto, se você sabe o que você quer e tem um plano de ação consistente, você certamente sairá de lá com bons negócios startados.

Sim, startados. Pois uma feira não é o lugar ideal para você fechar negócios, e sim fazer o máximo de contatos possível para fechar depois da feira. É um grande networking, onde todos estão atentos a tudo e todos. Inclusive à você.

Bom, esse artigo tinha como objetivo traçar um panorama geral sobre a feira e como se comportar em uma.

Se você é ligado ao mercado de games, vale uma observação: esse mercado está fervilhando! É o segmento do mercado de entretenimento que mais fatura no mundo (sim, ultrapassou o de cinema).

Infelizmente o nosso governo federal não entende isso e rotula os games como atividades de ócio. Quando não percebe que muitas empresas vivem de games. Os próprios gamers ganham dinheiro fazendo o que amam (só pesquisar no Youtube a quantidade de canais com vídeos do tipo “Game Player”, que são jogadores profissionais filmando seus jogos e comentando ao vivo para a sua audiência).

Diogo Braga distribuindo autógrafos na BGS 2013

Diogo Braga distribuindo autógrafos na BGS 2013

Para você ter uma dimensão do que foi essa feira, assista aqui embaixo o trailer que eu fiz sobre a BGS:

Se você gostou deste artigo e do vídeo, por favor deixe seu comentário abaixo. Esse artigo foi o primeiro que eu fiz sobre um evento externo e gostaria de saber se você gostou do formato.

468x60-2

3 comentários em “Nerd Rico na Brasil Game Show

  1. Brunna

    Uau! Foi realmente incrível pelo que vi no vídeo!
    Queria ter ido :'(
    Como já te falaram, acho genial a logo do Nerd Rico!
    Curti a vinheta com ela no final do vídeo (y)!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *