Meu Próprio Negócio : 5 Razões para Você ter o Seu

Por | outubro 13, 2017
abrir proprio negocio

Quando abri meu próprio negócio pela primeira vez, eu simplesmente queria colocar em prática as ideias da minha cabeça. E nem imaginava que ser o meu próprio patrão ia muito além disso.

Este é um artigo especialmente escrito para você que, provavelmente se encontra em uma das situações a seguir:

1) É funcionário de alguma empresa e deseja montar o seu próprio negócio;
2) Já tem um negócio próprio, mas ainda não entendeu o que é ser patrão.

Então vou direto ao ponto. Mas antes um PS…

PS: Atenção: São se iluda com os títulos das 5 razões na listagem abaixo. A primeira vista parece mágico, mas não é bem assim.

Leia cada uma delas com atenção para você compreender a essência de cada ensinamento.

#1) Você que define o seu Horário

meu proprio negocio

Imagina você poder trabalhar naquilo que gosta e fazendo o seu próprio horário?

Perfeito, não?

Só que fazer o próprio horário não significa trabalhar 1 hora por dia e ficar “de boa” o resto do tempo.

Pelo menos não é assim para 99,9% dos empreendedores de sucesso.

Ter o seu próprio horário é você poder trabalhar naquelas horas que você rende mais.

Ou então, trabalhar num horário alternativo (tipo madrugada, feriados…) para compensar aquele compromisso pessoal que apareceu durante o “horário comercial”.

É importante saber que, definir o seu próprio horário é fazer mais com menos.

Ou seja otimizar o seu tempo para que você renda mais, sem necessariamente ficar preso a um horário fixo de trabalho.

É preciso conhecer o ritmo do seu negócio e, principalmente, se conhecer.

No meu próprio negócio, é super comum eu estar trabalhando em feriados ou entrar a madrugada pra escrever meus melhores artigos ou trabalhar com meus freelas no Paquistão.

#2) Você tem o Controle da Situação

proprio negocio

Quem decide é você.

Então, se acertar, a glória é sua.

Mas se errar, a culpa é sua também.

A responsabilidade é toda do líder. No caso, você.

Você é o responsável por definir o caminho que o seu negócio vai seguir. Qual a melhor estratégia, melhores ferramentas e os profissionais certos para trabalhar com você.

E vou além: você escolhe até quais clientes deseja atender. E tem a chance de se livrar dos malas e dos sanguessugas mesquinhos.

Ahh, isso talvez seja uma das melhores coisas de ter meu próprio negócio. Já me arrependi de aceitar serviços de determinado clientes, ou de vender algum treinamento para gente escrota.

E não se engane: você também vai se deparar com esses tipos quando abrir o seu negócio.

E a melhor coisa é poder “demití-los”. Isso mesmo. Eu demito clientes quando necessário. Afinal, não sou obrigado, né?

Por isso é importante estar cercado de profissionais competentes, para que eles forneçam todas as informações necessárias a você para que a sua decisão seja a mais acertada possível.

#3) Você que Define os Rumos do Negócio e Aonde quer Chegar

Quando se é empregado, basta seguir as ordens e pronto.

Você não fica preocupado com os rumos da empresa. Se vale a pena ou não entrar em determinado mercado, lançar um novo produto para o público X etc. Porque sempre terá alguém pensando essas coisas no seu lugar. No caso, seu chefe.

Quando você é o dono, quem pensa nisso é você. A gestão estratégia da sua empresa está em suas mãos.

É você que define o caminho que o seu negócio irá tomar

#4) Você Define Quando Dinheiro irá Ganhar

Isso soa mágico, não?

98% das pessoas pensam neste momento o seguinte:

“Opa, irei ganhar quanto eu quiser. Ficarei rico!”

Errado, meu amigo.

Quando você assume um negócio, você está se comprometendo com o seu sucesso.

Uma empresa é uma entidade desvinculada de você (você é pessoa física e ela é pessoa jurídica).

A sua relação com ela é profissional. Logo, você precisará ter bom senso para definir o seu salário.

Um salário que esteja em conformidade com a atual situação econômica da empresa.

A maioria das empresas quebram exatamente por que o dono não entende isso.

Acha que, por ter virado um empresário, vai definir um salário 10x maior do que ganhava quando empregado. Sendo que a sua empresa mal fatura o mínimo para cobrir os custos básicos para sobrevivência.

Não precisa ser um gênio da matemática para perceber que a conta não bate.

Não é a toa que, muitos empreendedores iniciam recebendo zero Reais no início, para dar chance da empresa crescer e poder ganhar mais dinheiro no futuro, com a empresa estabilizada.

Isso é muito difícil. Mas, se você não tem um capital de giro à sua disposição, que sustente a empresa nos primeiros meses e, não tem um plano consistente de monetização para ela…

… então, companheiro, pensar num salário próprio será a morte da sua empresa.

PS: Se você ficou chocado com o que eu disse, pense assim: trabalhar de graça é MUITO ruim quando é para os outros (você como empregado).

Mas trabalhar de graça para a sua empresa, pelo seu sonho, por um tempo limitado, é construir o seu futuro. Afinal você está trabalhando para o seu negócio, para o seu futuro e da sua família e não para o futuro do seu patrão.

#5) Você não pode ser Demitido

proprio negocio

Você é o chefe, meu amigo.

Não pode ser demitido.

O destino da empresa depende de você.

Toda a responsabilidade de acertos e erros está contigo.

Por mais que você tenha dúvidas sobre o que fazer ou qual caminho seguir (que é normal), você continua sendo o líder da empresa e sendo o seu principal condutor.

Estou Pronto para ter Meu Próprio Negócio?

Se você se identificou com essas razões e não se ofendeu quando eu disse que você talvez trabalhe de madrugada e até de graça pelo seu negócio…

… então você pode ter o perfil certo para iniciar uma nova empreitada.

Mas seria legal você ler mais conteúdo sobre esse assunto, conversar com outros empreendedores e entender mais sobre esse universo antes de tomar qualquer decisão.

E eu tenho um livro digital na Amazon que se aprofunda mais neste tema sobre empreendedorismo.

Chama-se “Os 6 Estágios do Empreendedor de Sucesso” e custa só R$ 7,80. Caso queira dar uma olhada, o link direto para o livro na Amazon é esse aqui.

Bom, agora gostaria de saber sobre você. Se você tem um negócio, já parou para pensar nestas coisas?

Deixe seu comentário aqui embaixo para trocarmos ideias.

Resumo
Meu Próprio Negócio : 5 Razões para Você ter o Seu
Título do Artigo
Meu Próprio Negócio : 5 Razões para Você ter o Seu
Descrição
Bater no peito e falar: "esse é o meu próprio negócio" não é para todos. Mas quem escolhe esse caminho, tem 5 fortes razões pra nunca mais abandoná-lo.
Autor
Nome do Editor
Nerd Rico
Logo do Editor

4 comentários em “Meu Próprio Negócio : 5 Razões para Você ter o Seu

  1. Indalécio

    Parabéns!!!
    Este artigo define bem o que acontece com a maioria das pessoas,que começam negocios na internet.
    Achando que da noite para o dia ficaram ricos, muitos não tem um planejamento definido.
    Quando na realidade é preciso trabalhar muito se estruturar,criar o seu site e um blog e estudar muito para só então começar a ter resultados.
    Um forte abraço.

    1. Rafael Autor do Artigo

      Oi Lidia, obrigado pelo comentário. Qual é o tipo de negócio que a senhora gostaria de fazer pela internet?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *