Desperte a Necessidade em seu Cliente

Por | outubro 30, 2017

Eu quero que você memorize esta dica:

Você não tem que vender nada. É o seu cliente que precisa querer comprar

Você NUNCA deve empurrar algo para seu cliente contra a sua vontade. Seu trabalho é espertar o interesse dele nos benefícios que o seu produto traz. A ideia da compra TEM QUE PARTIR DELE.

E como se desperta este interesse?

Em primeiro lugar você precisa ouví-lo. Isso mesmo, os melhores vendedores são aqueles que ouvem seus clientes, pois conseguem extrair informações-chave sobre as suas necessidades, para aí sim falar sobre a solução que ele tem em mãos.

O seu cliente quer ser ouvido. Quer falar sobre seus problemas. E o que é um vendedor senão um vendedor de SOLUÇÕES?

Exemplo: Você vende um sabão exclusivo, que remove desde gorduras pesadas até sujeiras de pisos. Excelente para lavar carros etc. Então você entra num restaurante e pede pra conversar com o dono e com seus funcionários da cozinha. Pergunta quais são seus maiores problemas na limpeza do ambiente, de gorduras, o que fazem pra

limpar, se dá trabalho etc. Eles vão falar várias coisas. E sempre falam que é difícil, que tem coisa que não sai etc. Mas você sabe que o seu produto resolve todos aqueles problemas. Então você pede pra ver de perto a dificuldade desses funcionários e, após a constatação, você pede uma pequena demonstração de um produto novo no mercado. De graça.

Dificilmente te falarão um “não”. Então você mostra ao vivo que o seu produto SOLUCIONA este grande problema que eles tem. Muitos nem perguntam o preço do produto. Já encomendam direto.

Por que isso ocorre? Porque este dono de restaurante não quer ouvir ladainha de vendedor. Ele quer simplesmente RESOLVER o seu problema! E você praticamente não abriu a boca pra falar muita coisa.

Nem se esforçou em “convencer” o seu cliente que o seu produto é melhor do que o dele. Você foi direto ao ponto: resolver a necessidade do cliente. Conquistou-o com inteligência.

BANNER NERD 720

7 comentários em “Desperte a Necessidade em seu Cliente

  1. Marcelo Nascimento

    Fiz o curso de Vendas e Marketing por e-mail com Rafael Cruz e foi fantástico. Além do conteúdo altamente relevante e prático, foram várias dicas de livros, e alguns artigos que ainda são de grande utilidade no meu dia a dia.
    Parabéns Rafael pelo post. Ficou excelente! Concordo que não devemos vender nada. Devemos sim despertar o interesse e termos a solução para o problema/necessidade do cliente.

    Abraços e até a próxima!
    Marcelo Nascimento
    Consultor Neotriad e Planejador Financeiro

    1. Rafael Autor do Artigo

      Obrigado, Marcelo. Não é de hoje que acompanho seus comentários e o seu interesse pelo que eu produzo. Estou louco pra ver um testemunho seu de alavancagem do seu negócio.

  2. lidia

    muito obrigada
    vc da dica valiosa, o interessante é que sempre fazemos o contrario tentamos vender e ver só o nosso lado,sem perceber que a pessoa precisa do produto.
    valeu Rafael vc vai despertar muitas pessoas
    parabens

  3. Vanessa

    Bacana seu post.
    Eu também acredito que devemos vender o que o cliente precisa. No momento estou trabalhando em uma empresa que “vende” cursos de inglês e espanhol. A dificuldade é que mesmo todas as pessoas sabendo da necessidade de ter no currículo um novo idioma , preferem comprar artigos tangíveis e que deem um resultado de curto prazo.
    Trabalhamos com divulgações, convênios e pacotes especiais, mas ainda não parece-me suficiente.

    1. Rafael Autor do Artigo

      Você precisa encontrar então QUAL É o principal problema que seus potenciais clientes possuem com relação a aprendizado de novos idiomas. Com isso em mãos, você vende o seu produto para que ele RESOLVA esse problema. Provavelmente o interesse pelos cursos irá aumentar. 🙂

      Fica a dica, Vanessa 😉

  4. Cristina

    Oi Rafael! suas dicas são muito preciosas! um grande lannnnnnnnceeeee pra vc! tenho aprendido bastante no seu blog. Um abraço, Cristina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *