Como Abrir um Negócio com Pouco Dinheiro

Por | junho 14, 2017

Eu sempre quis abrir um negócio com pouco dinheiro, afinal, não tinha grana pra comprar uma franquia cara ou um negócio mais robusto. Mas antes e falar sobre isso, deixe eu revelar uma coisa pra você.

Eu tive um emprego. Por 2 semanas. Foi o máximo de tempo pra eu perceber que o meu lugar não era ali. Que eu era do tipo que empreendia.

Hoje eu sei que ter um emprego significa muito mais do que um salário por mês, mas um grande aprendizado. Principalmente para aqueles que querem montar o seu próprio negócio.

Acho que eu sou uma exceção, porque segundo o SEBRAE, 80% das empresas quebram no 1º ano de operação. E destes 20%, 80% quebram nos próximos 2 anos. Eu tenho 5 anos de Nerd Rico (Yey!).

Finalmente, se eu tivesse que mudar alguma coisa no meu passado, certamente seria encontrar um emprego temporário para aprender aquilo que eu gostaria de construir no futuro (no caso hoje). Mas tenha certeza que isso não se aplica aquele meu primeiro emprego de 2 semanas 😀

No entanto, hoje eu estou aqui pra falar justamente pra você que já passou desta fase e que agora busca informações sobre como abrir um negócio. Talvez você não tenha rios de dinheiro para investir, então seria interessante conhecer opções para abrir um negócio com pouco dinheiro. E se você pensou em alguma coisa envolvendo internet, você pensou certo.

Neste artigo, quero te mostrar como você pode abrir um negócio com pouco dinheiro usando a internet como meio.

Vamos lá?

Como Encontrar um Negócio Lucrativo

como abrir um negócio com pouco dinheiro

Pedro está em uma roda de amigos numa confraternização e comenta com eles que pretende abrir um negócio em breve e está estudando algumas possibilidades.

Antes de ouvirem Pedro, os palpiteiros de plantão mais do que depressa, já falam para ele abrir uma pastelaria, uma loja online ou um restaurante, porque é o “negócio do momento”. Mas será que eles possuem dados reais sobre os resultados destes negócios?

A pesquisa por um negócio lucrativo passa por alguns critérios simples, mas essenciais. E existem vários métodos para validar um negócio. Eu vou te mostrar um deles, que é a análise SWOT.

A análise SWOT (conhecida por aqui como FOFA, mas essa sigla é péssima…) é uma ferramenta de gestão que tem por objetivo identificar os Pontos Fortes (Forças), os Pontos Fracos (Fraquezas), as Ameaças e as Oportunidades de um negócio.

Análise SWOT

Ela pode ser representada por esse desenho:

como abrir um negócio com pouco dinheiro

Para exemplificar, vamos imaginar que Pedro queira analisar um dos palpites de seus amigos: Pastelaria.

Pontos Fortes: É simples de montar, enxuto (não requer muitos custos fixos e funcionários, possui boa rotatividade, pode funcionar em locais de muito movimento e fora de zonas concorridas, como traillers em estradas e em pátios de mercados.

Pontos Fracos: Sua matéria-prima é perecível e pode estragar, fazendo você perder dinheiro.

Ameaças: 1) Chineses! 2) Por ser muito simples, muita gente pode entrar no negócio e ser seu concorrente.

Oportunidades: Você tem um sitio com muito espaço para plantio de cana e algumas vacas, o que pode te dar uma vantagem no preço e na qualidade do seu caldo de cana (uma pastelaria tem que oferecer um caldo de cana, né?) e baratear o custo do pastel de queijo.

Apesar da análise SWOT oferecer uma visão interessante do futuro negócio de Pedro, ela sozinha não é determinante para uma decisão consciente.

ROI

Falta saber, em situação normal de temperatura e pressão, qual é o ROI (retorno sobre o investimento) de uma pastelaria na cidade de Pedro.

Para saber isso, ele precisa levantar o custo inicial para abrir o negócio, o custo mensal para mantê-lo e projetar uma média de faturamento mensal. Isso se consegue pesquisando o mercado ou no SEBRAE. Com esta conta, Pedro saberá em quanto tempo ele terá o retorno do que investiu e a partir de quando efetivamente o negócio vai dar dinheiro pra ele.

Juntando isso ao SWOT, ele pode agora calcular o risco de abrir um negócio com pouco dinheiro, diante das oportunidades, ameaças, ROI, forças e fraquezas.

Como Conseguir Dinheiro para Financiar meu Negócio

como abrir um negócio com pouco dinheiro

Ainda na roda de amigos, Pedro comenta que está vendo opções de como conseguir dinheiro para financiar o seu negócio, já que não possui todo o capital para o investimento. Mais uma vez seus amigos fuzilam palpites:

– Cara, você pode montar um negócio até de graça usando a internet

– Pede um empréstimo no Banco do Brasil. É mais seguro.

De fato existem formas mais baratas de você abrir um negócio com pouco dinheiro, como franquias de baixo valor de investimento (ex: Camisetas da Hora) ou abrindo seu negócio baseado na internet.

Não espere abrir um negócio sem investir dinheiro. Mesmo na internet você vai precisar investir em alguma coisa para ter sucesso. Seja em cursos, preparação, ferramentas profissionais e tráfego.

Quem conta de montar um negócio totalmente de graça já está começando errado. E não vai longe.

E quais opções então?

Independente de investimento alto ou baixo, você pode:

  • Pedir um empréstimo no banco (ponto para o amigo que sugeriu isso!)
  • Montar um projeto e levar para investidores
  • Montar um projeto e pedir a colaboração em sites de financiamento coletivo (como o Klickante ou o Catarse)
  • Realizar uma estratégia de pré-venda (lançamento semente na linguagem do marketing digital) para capitalizar recursos antes de fazer o investimento.

Gosto da última opção porque você está usando dinheiro do próprio negócio (afinal você está vendendo o seu produto para entregar no futuro) e ao mesmo tempo está validando a sua ideia de negócio, afinal, se tem compradores interessados em suas soluções antes mesmo de você se lançar no mercado, é um forte indício que existirão mais clientes no futuro.

Agora que você já sabe como analisar se um negócio é bom ou ruim pra você e a como financiar o seu negócio sem usar o seu dinheiro, chegou a hora de vermos como encontrar os clientes para ele.

Como Encontrar Clientes para o seu Negócio

como abrir um negócio com pouco dinheiro

Para um negócio físico, como o caso de uma pastelaria, um bom ponto de venda aliado a propaganda local é a chave.

Mas vamos agora levar em conta algum um outro negócio na mente do Pedro, onde ele poderia realmente criar um site e vender por ele.

Depois dos desajeitados palpites, Pedro, já um pouco na defensiva, ouve um dos seus amigos sugerir criar um site para atrair muitos clientes para esse novo negócio.

– Como as pessoas chegarão no meu site? Pergunta Pedro

– Cara, só colocar na internet que você vai vender! – Responde o amigo

Abrir um Negócio com Pouco Dinheiro pela Internet?

Será que é assim mesmo? Só “colocar na internet”?

Talvez esse amigo esteja influenciado com as centenas de propagandas falaciosas da série “ganhe dinheiro dormindo”. A ideia em si não está totalmente errada, mas o problema é que a conotação que os anúncios dão é totalmente equivocada. Parece que você só precisa apertar um botão e vai ficar rico em 24 horas.

Óbvio que não é assim.

Você até pode criar um negócio auto-gerenciável (que é o ideal) onde boa parte dos processos seja automático ou feito por outros, mas isso só ocorre depois de muito trabalho e planejamento.

Então, não se iluda que basta criar um sitezinho na internet para que os clientes batam na sua porta.

Anúncios no jornal costumam funcionar não porque você publicou num jornal, mas porque esse jornal atinge milhares de pessoas. Ele tem uma audiência que o consome. Para que seu site seja visto, você precisa fazer o mesmo, ou seja, criar a sua audiência.

E existem algumas maneiras de se criar uma audiência para acessar seu site frequentemente:

  • Criar conteúdos informativos e didáticos para educar seu público-alvo sobre o seu mercado e suas soluções
  • Otimizar seu site para que ele ganhe destaque nas pesquisas do Google (técnicas de SEO)
  • Pagar por anúncios para levar com mais facilidade o seu site para quem ainda não te conhece
  • Pagar por anúncios para convidar ex-visitantes a retornarem ao seu site (remarketing)
  • Criar uma lista de contatos de interessados e criar relacionamento até que ela compre algo de você (list building)

Você pode desenhar uma estratégia de marketing que trabalhe uma dessas técnicas ou todas elas.

Crie a sua Lista de Prospectos

Se formos pensar de forma isolada, a mais poderosa de todas é a última, ou seja, criar uma lista de interessados, pois é a que envolve o melhor custo-benefício, além de trazer mais consistência ao seu negócio.

Com um planejamento adequado, você evita de perder tempo e dinheiro com soluções que não irão trazer clientes para você.

Portanto, se você está pensando em se aventurar com um negócio e usar a internet para alavancar as suas vendas, sugiro fortemente que você não faça isso às cegas.

Procure um profissional para planejar e montar com você o seu negócio, ou, se quiser poupar dinheiro, faça cursos para aprender os fundamentos e construa você mesmo o seu negócio.

O importante é você saber onde está pisando, pois um passo certo e você abre a porta da esperança.  Já um passo em falso, você abre a porta dos desesperados!

como abrir um negócio com pouco dinheiro

Portanto, abrir um negócio com pouco dinheiro é possível? Sim, claro. mas não é tão fácil encontrar um negócio consistente investindo pouco. Seguindo as recomendações deste artigo, as suas chances de sucesso certamente aumentarão.

Boa sorte e bons negócios!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *